Atenção! Seu cansaço pode ser um dos sintomas de imunidade baixa

17/08/2022

Já sentiu o corpo cansado, como se faltasse energia?  Isso é um dos sintomas de imunidade baixa, um dos indicativos que o corpo está mais suscetível a gripes, resfriados e viroses.

O nosso sistema imunológico, responsável por nos proteger de agentes infecciosos, sofre variações de acordo com os períodos que estamos vivendo. Em situações de muito estresse, má alimentação ou privação de sono, isso acontece com mais frequência.

Confira agora quais os alertas de imunidade baixa e como podemos fortalecer o nosso organismo. 

O que faz o sistema imune? 

Composto por diversos órgãos como baço, linfonodos e medula óssea, o sistema imunológico preserva o corpo dos vírus, bactérias e outros micróbios

Ele atua como uma barreira que é composta por milhões de células de diferentes tipos e funções. 

Uma boa forma de compreender a sua atuação é através do processo inflamatório. Isso ocorre quando o organismo reconhece uma ameaça e inicia o processo para combatê-la. 

Então, quais os sintomas de imunidade baixa?

Um dos sintomas mais comuns que indicam que o sistema imune não está 100% é o cansaço excessivo. Mesmo depois de dormir muitas horas, parece que não foi o suficiente.

Isso acontece porque o organismo está gastando mais energia do que o habitual para combater possíveis ameaças. 

Alguns indicativos também são percebidos através das infecções. Ter dificuldade de cicatrização em pequenos machucados, gripes frequentes e herpes na região da boca não devem ser tratados como fatos isolados. É preciso rastrear de onde e por que esses problemas estão acontecendo.

Como fortalecer o organismo?

Existem algumas formas para fortalecer o corpo e aumentar a ação dos anticorpos, sabia? São ações simples para serem incluídas no dia a dia, mas muito efetivas: 

Alimentação 

Ter uma alimentação balanceada, rica em vitaminas e proteínas fortalece a imunidade e confere mais energia para o corpo. Alimentos ricos em vitamina C são ideais para contribuir para o bom funcionamento do corpo e proteger as células.

O consumo de alimentos como alho, couve, laranja e mel é bastante indicado  para manter os níveis de vitamina lá em cima e melhorar a saúde.

Hidratação e Sol

A principal fonte de vitamina D é o sol. Ela é responsável pelo fortalecimento dos ossos e das defesas do sistema imunológico. Recomenda-se ficar alguns minutos no sol todos os dias, preferencialmente na parte da manhã ou no final da tarde. 

E não podemos esquecer da hidratação, né? A água traz fluidez para as secreções respiratórias, dificultando a invasão de vírus e de outros microorganismos, além de ajudar a eliminá-los. 

Sono em dia

Dormir pelo menos 8 horas por dia é importante para restaurar o organismo e combater o aumento dos níveis de cortisol, um hormônio relacionado ao estresse. 

Portanto, quando dormimos, além de reduzirmos possíveis irritações e ficarmos mais calmos, aumentamos a produção das células de defesa, recompomos as funções cardiorrespiratórias e metabolizamos radicais livres.  

Suplementação 

Como já vimos anteriormente, o consumo de vitaminas e outros nutrientes é prioridade na hora de cuidar da imunidade, mas você sabia que nem sempre adquirimos todas as substâncias necessárias através da alimentação? 

Aliar uma dieta rica e nutritiva com os suplementos alimentares é a fórmula do sucesso.

Esses compostos possuem substâncias capazes de combater as deficiências nutricionais e fornecer ao corpo aquilo que ele precisa. 

Por isso, para melhorar de vez a baixa imunidade, conheça o Maxme Immune. Feito a partir de ingredientes naturais, esse suplemento aumenta os níveis de glóbulos brancos no organismo e auxilia na absorção de ferro e regula o metabolismo, potencializando a imunidade. 

Confira mais informações sobre o nosso Immune e melhore já a sua saúde!

Maxme Immune

Obrigado e até o próximo,